domingo, 3 de maio de 2015

Fortaleza de Santo Amaro da Barra Grande - Andando pela História

Vemos a Fortaleza sempre quando estamos na Ponta da Praia, seja nas muretas ou no Deck do Pescador, ou mesmo das janelas de um prédio ou do próprio Museu de Pesca.

A Fortaleza de Santo Amaro da Barra Grande (Creative Commons by Emilio Pechini 01mai2015)


O melhor de tudo é poder andar por aquela construção que remonta o século XVI. Sim, construída em 1584 para poder proteger as vilas de Santos e de São Vicente, contra as invasões piratas.

Nos primeiros anos de sua existência, ela combateu o corsário inglês Thomas Cavendish e em 1615, o corsário holandês Joris van Spilbergen. A artilharia preparada para a Fortaleza, porém, não foi suficiente para impedir os invasores. Assim, a Fortaleza foi fortemente armada e, em 1770, no seu apogeu, dispunha de 28 canhões.

Museu de Pesca. Antes, havia ali o Forte Augusto (ou Forte da Estacada) que funcionava em conjunto com a Fortaleza de Santo Amaro da Barra Grande (Creative Commons by Emilio Pechini 01mai2015)


Logo em frente, no local onde hoje conhecemos como Museu de Pesca e anteriormente, Escola de Aprendizes de Marinheiro, houve o Forte da Estacada, construído no início do século XVIII, que também ficou conhecido como Forte Augusto.
Como o nome diz, Estacada, este forte era feito com uma barreira de estacas e tinha armamentos que auxiliavam o combate em conjunto com a Fortaleza de Santo Amaro. O forte foi demolido no início do século XX e em seu local foi construído o prédio da Escola de Aprendizes de Marinheiro, onde hoje funciona o Museu de Pesca.

O FIM DAS ATIVIDADES DA FORTALEZA DE SANTO AMARO DA BARRA GRANDE E DO FORTE AUGUSTO

Em 1893, a Fortaleza de Santo Amaro da Barra Grande cumpriu sua última missão de artilharia, contra o cruzador República, na Revolta da Armada.

Canhão exposto na Fortaleza. Ele não é original do lugar. Os canhões que pertenciam à Fortaleza de Santo Amaro da Barra Grande foram levados para o Museu Naval do Rio de Janeiro, segundo informações dos monitores da Fortaleza (Creative Commons by Emilio Pechini 01mai2015)


No início do Século XX foi construído um o Forte de Itaipu, e então a Fortaleza de Santo Amaro foi desativada. Para complementar a defesa do Porto de Santos, foi construída uma outra fortaleza, na outra ponta da entrada da Baía de Santos, o Forte dos Andradas.

Durante décadas a construção ficou abandonada, e em 1967 foi tombada pelo Patrimônio Histórico. De 1993 a 2012 sua manutenção ficou à cargo da Universidade Católica de Santos e à partir de então e até hoje é administrada pela Prefeitura de Guarujá, em parceria com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

COMO CHEGAR

Na Ponta da Praia, em Santos, na Ponte Edgar Perdigão há as barcas para a Praia do Góes. Basta informar que se deseja ir até a Fortaleza e o barco deixa o passageiro na ponte junto à Fortaleza. Na volta, toma-se o barco no mesmo local. A passagem de cada viagem hoje (03 de maio de 2015) é de R$ 2,50.

 (Creative Commons by Emilio Pechini 01mai2015)


Uma outra opção é através do Guarujá, pela Estrada de Santa Cruz dos Navegantes. O acesso é próximo à Vila.
Não há cobrança de ingresso na Fortaleza. O local conta com sanitários e monitoria, além de exposições temporárias e permanentes.

AS FOTOS

Além de estar 'mergulhado' em um ambiente histórico, com mais de quatro séculos de existência, o local é um excelente cenário para fotos e filmagens.
Veja:

 (Creative Commons by Emilio Pechini 01mai2015)

 (Creative Commons by Emilio Pechini 01mai2015)

 (Creative Commons by Emilio Pechini 01mai2015)


Assista ao videoblog gravado na Fortaleza:


quarta-feira, 29 de abril de 2015

Warley Santana na turnê Bonecomédia - um ventríloquo no palco do Teatro Guarany

Warley Santana e o show de bonecos que não é para crianças (Fonte: Divulgação)

O ator Warley Santana traz ao Brasil o fenômeno mundial que é a Ventriloquia direcionada ao público jovem e adulto.

Com bonecos de ultima geração, feitos pelos melhores artesãos mundiais e desempenhado com a técnica mais apurada dessa arte, Warley tem se apresentado nas principais empresas do mercado corporativo, entre elas, Cacau Show, Honda, Helibrás e muitas outras.

O diferencial da apresentação com os bonecos tem conquistado plateias em todo o mundo.
Tendo como expoentes os americanos Terry Fator e Jeff Dunham, com quem Warley dividiu o palco em solo americano durante a Vent Haven 2014.


Com um enredo que fala sobre os relacionamentos humanos, Warley Santana conta com a ajuda, entre outros, de Seu Antenor e da terapeuta Martha para discutir as questões do casamento, já que ambos tem um histórico de diversos casamentos.

A turnê 2015, que tem o patrocínio da Cacau Show, começa em Santos no próximo dia 01 de maio, com duas apresentações, as 19:30 e 21:00h, no Teatro Guarany (Pça dos Andradas 100- Centro).

Além de diversão garantida, o valor é mais um atrativo, custa apenas R$20,00 a inteira e R$ 10,00 a meia.

Pontos de venda antecipada: 
Bar Casa Velha - Boulevard Othon Feliciano, 10 - Gonzaga, Santos Bilheteria do Teatro Guarany
(de 29 a 01/05 a partir das 14h).

A produção local fica aos cuidados de Luiz Fernando Almeida em parceria com a Upah Soluções Culturais.
Apoio Cultural: Bar Casa Velha, Espaço Cassino e Bazar Cafofo

Informaçoes:13 981618751

Agradecimentos: Superbacana Produções

sexta-feira, 3 de abril de 2015

Acidente na Alemoa: Fumaça é vista por toda a cidade

Um acidente com tanques de combustíveis em Santos, ocorrido em 02.4.2015 provocou uma grande nuvem de fumaça negra sobre a cidade, e que se dirigiu para as cidades vizinhas também.



Veja as fotos tiradas em São Vicente e Praia Grande, poucas horas após o início do incêndio:













A foto abaixo foi tirada mais de 24 horas após o início do incêndio:





Assista ao vídeo gravado em 03.4.2015: